Portal oficial de turismo de Montevideo

Candombe

Na segunda metade do século XVIII, o porto do Montevidéu era a única via de entrada de africanos escravizados para o vicereinado do Rio da Prata. Em fins desse século, 35% da população montevideana era de descendência africana. Em suas horas de liberdade recriaram ritos da sua antiga terra. Essas celebrações foram conhecidas como Tangos ou Tambos por volta do ano de 1800. O termo candombe data de 1830. Hoje, o candombe é executado também na rua, nos fins de semana e nos feriados. É um espaço de encontro para tocar o tambor, dançar ou simplesmente escutar a execução, acompanhando a procissão.

Em 6 de janeiro os tambores comemoram o dia de São Baltasar, ou “chamada de reis”. Na primeira quinta-feira e sexta-feira de fevereiro os blocos protagonizam o desfile de "chamadas" que percorre os tradicionais bairros Sur e Palermo. Casas antigas, ruas e calçadas estreitas caracterizam estes bairros, que são a "sede” dos afrouruguaios.

O cortiço Mediomundo no Barrio Sur e o complexo Reus al Sur, no bairro Palermo, foram o berço de duas variações rítmicas do candombe: o ritmo de Cuareim (Sur) e o de Ansina (Palermo). A música do Candombe está vinculada às velhas raízes afrouruguaias: tradição de fazer música com os tambores enquanto se anda ("chico","repique" e  piano"). É um único tipo de tambor de três tamanhos. A roda dos tambores ao redor do fogo é um dos ritos mágicos que o candombe possui.

Foi declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2009.

Cultura e Patrimônio

  • Arquitetura +

    Arquitetura As diferentes correntes migratórias e momentos históricos deixaram seu rasto em Montevidéu. A Cidade Velha reflete a chegada dos espanhois. Read More
  • Carnaval +

    Carnaval Desde o final de janeiro a março, Montevidéu festeja o carnaval mais longo do mundo. Esta festa popular tem suas Read More
  • Candombe +

    Candombe Na segunda metade do século XVIII, o porto do Montevidéu era a única via de entrada de africanos escravizados para Read More
  • Tango +

    Tango O tango reflete a irmandade cultural entre Montevidéu e Buenos Aires. Testemunho disso é a distinção compartilhada de “Patrimônio Imaterial Read More
  • Museus e Salas de Exposições +

    Museus e Salas de Exposições Montevidéu propõe uma variada oferta de museus e salas de exposições para visitar. Desde os mais tradicionais, vinculados à história Read More
  • 1
  • 2